Aeroporto de Chapecó receberá mudanças e ampliações

Caminhão adquirido mediante convênio com a SAC/Foto: Luciano da Luz/SECOM

Um novo caminhão modelo AP2, que será utilizado pelos profissionais do Corpo de Bombeiros da Seção Contra Incêndio do Aeroporto Serafim Enoss Bertaso foi entregue nesta quinta-feira (16/03). Agora, o aeroporto conta com dois veículos, uma das prerrogativas para aumentar a segurança do local. Estiveram em Chapecó para formalizar a entrega, Thomaz de Aquino Neto da SAC – Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Ryan Vieira Morais da Agência de Aviação Civil – ANAC, Thiago Roesner da Secretaria de Infraestrutura do Governo do Estado de Santa Catarina, representantes da empresa Triel-HT fabricante do veículo, Prefeito de Chapecó Luciano Buligon e Diego Ferraz Diretor Geral de Modernização Administrativa da Prefeitura de Chapecó. O caminhão foi adquirido através de convênio entre SAC – Secretaria de Aviação Civil, Governo do Estado de Santa Catarina e Prefeitura de Chapecó.

Esse veículo dará mais segurança e proteção para passageiros, prestadores de serviços e aeronaves que estão diariamente no aeroporto. De acordo com o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, esse veiculo é de vital importância para o crescimento do aeroporto. Segundo ele, hoje o número de voos é limitado, por falta de estrutura física e pessoal do aeroporto. “Com esse caminhão teremos mais segurança para usuários do aeroporto e damos mais um passo em busca da ampliação do aeroporto que está em planejamento”, destacou o prefeito.

O prefeito explica ainda que no Brasil apenas 08 aeroportos foram beneficiados com esse veículo. Atualmente o NPCE – Nível de Proteção Contra Incêndio do Aeroporto de Chapecó era de 05 pontos e com a chegada do caminhão o índice sobe para 06 pontos. “Com esse caminhão poderemos ampliar o número de voos realizados diariamente em Chapecó”, comemorou.

O prefeito destacou ainda que outro passo importante para a ampliação do aeroporto foi realizado na semana passada, quando ele esteve em Brasília, na SAC – Secretaria de Aviação Civil em busca de recursos. Na oportunidade o prefeito apresentou o projeto para aumentar o terminal de 1,1 mil metros quadrados para 2,38 mil metros quadrados. Essa é uma medida para atender a atual demanda, que foi de 35 mil pessoas em fevereiro. “Em 2018 pretendemos conceder o aeroporto para a iniciativa privada construir um novo terminal”, finalizou o prefeito.