Programa Municipal de Formação na área da Cultura


Programa Arte Cidadã

O Programa Arte Cidadã é uma proposta de trabalho itinerante que visa democratizar na comunidade chapecoense o acesso aos bens culturais e ao saber. Ofertado desde 2005, o projeto busca atender uma demanda social no intuito de proporcionar a formação integral do sujeito. Os alunos podem ingressar nos cursos a partir do 08 anos de idade, não havendo restrição de idade final. Os cursos abrangem diferentes linguagens artísticas, como a música (violão, cordas, sopros, percussão sinfônica, coro da orquestra, teoria musical) o teatro, a dança (jazz). Cada uma delas proporciona, gratuitamente, um tipo de experiência cultural e desperta a possibilidade de formação humanística e profissional. O programa conta com mais de 10 profissionais (alguns efetivos e alguns contratados em regime temporáirio, pela prefeitura de Chapecó, através da Secretaria de Cultura), os quais atendem em torno de 1000 alunos por ano, dos quais em torno de metade são crianças e ou adolescentes, em diferentes espaços, tais como:


ESPAÇOS E ATIVIDADES – 2018


Rotary no SANTO ANTÔNIO

Responsável: Sandra/Pedro

Telefone: 99914-1421

Atividade: Violão

Dia: Quintas-feiras

Período: matutino e vespertino


Centro Social Ilma Rosa de Nes - SAIC

Responsável: Reani

Telefone: 3323-6989

Atividades: Violão ,jazz e teatro(matutino)

Dia: Terças, Quintas e Sextas-feiras

Período: matutino e vespertino


Programa VIVER

Responsável: Elisiane

Telefone: 3329-0489

Atividades: Jazz e Violão

Dia: Quartas e Sextas-feiras

Período: matutino e vespertino


Cidade do Idoso – EFAPI

Responsável: SEASC

Telefone: 3329-6652

Atividades: Jazz

Dia: Segundas e Sextas-feiras

Período: matutino


SEASC

Responsável: Andreia/Cristiane

Telefone:3319-1218


Socioeducativo Distrito Marechal Bormann

Telefone: 2049-9284

Atividades: Violão e Jazz

Dia: Segundas e Quartas-feiras

Período: matutino e vespertino


CRAS/CREAS São Pedro

Telefone: 3319-1251

Atividades: Violão e Jazz

Dia: Terças-feiras

Período: matutino e vespertino


CRAS Seminário

Telefone:3322-5551

Atividades: Violão e Coral

Dia: Terças e Quintas-feiras

Periodo: matutino e vespertino

·

Arte Jovem Passo dos Fortes

Telefone: 3323-7773

Atividades: Violão e Coral

Dia: Segundas e Quartas-feiras

Período: matutino e vespertino


Programa Primeiros Passos

Atividade: Violão

Dia: Segundas-feiras

Período: matutino e vespertino


CENTRO CULTURA E EVENTOS

Responsável: Grasieli

Telefone: 3319-1012/98804-7639

Atividades:


Jazz – Quintas-feiras – matutino, vespertino e noturno

Teatro – Terças-feiras – matutino, Sextas-feiras - vespertino e Segundas-feiras - noturno

Violão – Terças e quartas-feiras – matutino, vespertino e noturno e Sextas-feiras – matutino e vespertino

Violino/Viola – Terças, quartas e quintas-feiras – matutino, vespertino e noturno

Violino/Violoncelo – Sextas-feiras – noturno, Segundas, terças e sextas-feiras – vespertino, segunda e quinta - matutino

Percussão – Quintas-feiras (vespertino) e Sextas-feiras (matutino)

Teoria Musical – Segundas-feiras – noturno, quartas-feiras – matutino e vespertino

Coro Orquestra Sinfônica – Quartas e sextas-feiras – noturno

Orquestra Sinfônica e Arte Cidadã – Sábados – vespertino

Orquestra Violões – Terças-feiras – noturno

Quinteto de Cordas – Terças-feiras – noturno


Sede da Igreja Presbiteriana - MARIA GORETTI

Responsável: Marcos

Telefone: 99185-3155

Atividade: Violão (Terças-feiras matutino e vespertino) e Percussão (Quartas-feiras matutino)


UNOESC

Responsável: Sandra

Telefone:99971-2673

Atividade: Coral

Dia: Quintas-feiras

Período: matutino e vespertino


UNOCHAPECÓ

Responsável: Gustavo

Telefone: 99985-2727

Atividade: Violino

Dia: Sextas-feiras

Período: matutino e vespertino


CEU das Artes e Esportes Unificados – Efapi

Responsável: Ana Paula

Telefone: 3319-1272

Atividades:

Violão: Quintas-feiras - matutino, vespertino e noturno

Jazz – Sextas-feiras – matutino, vespertino e noturno

Teatro – Segundas-feiras – matutino e vespertino

Violão – Quintas-feiras – matutino, vespertino e noturno


Programa VERDE VIDA

Responsável: Vinícius

Telefone: 3322-2587

Atividades:

Violino – Quintas-feiras – matutino e vespertino

Jazz – Terças-feiras – matutino e vespertino


Centro Comunitário PASSO DOS FORTES

Responsável: Volmir

Telefone: 98888-6218

Atividades:

Violão – Quartas-feiras

Periodo: noturno


Círculo Italiano

Responsável:Zelinda

Telefone:3329-5433

Atividade: Canto coral – Segundas-feiras – noturno (no Centro de Cultura e eventos Plinio Arlindo de Nes)


Cruz Vermelha – SÃO CRISTÓVÃO

Responsável: Rosinha

Telefone: 98441-4490

Atividades:

Violão – Quartas-feiras – matutino e vespertino


Salão Comunitário - ALTO DA SERRA

Responsável: Joceli

Telefone: 99108-1206

Atividades:

Violão – Quintas-feiras – matutino e vespertino

Jazz – Segundas-feiras – vespertino


Bosque Efapi

Responsável: Rosangela

Telefone: 98857-1217

Atividade: Violão – Quintas-feiras – matutino e vespertino


Sede Igreja Quadrangular – ESPLANADA

Responsável: Cristiane

Telefone: 99907-9001

Atividades:

Violão – Segundas-feiras – vespertino



Responsabilidades referentes ao Programa Arte Cidadã – Secretaria de Cultura de Chapecó

Os horários deverão ser cumpridos com disciplina e pontualidade. Para os alunos menores de idade, cabe aos pais ou responsáveis levá-los e buscá-los, a Secretaria de Cultura de Chapecó apenas se responsabiliza por cuidar das crianças dentro da sala de instrução, durante o horário da sua respectiva aula. Em função do espaço ser usado para várias outras atividades artísticas, culturais, administrativas, de estudo e exposições, concomitantemente, o silêncio deverá ser respeitado em todas as repartições do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.

Durante o período em que o aluno estiver no espaço, é necessário:

Cuidar da limpeza do ambiente;

Jogar o lixo nas lixeiras;

c) Não tocar em objetos e/ou equipamentos que não dizem respeito aos cursos;

d) Não correr nos espaços;

e) Não comer ou deixar alimentos no espaço interno;

f) Evitar saídas e entradas desnecessárias;

g) Zelar pelo espaço e patrimônio de um modo geral.

Cada aluno é responsável por providenciar material pessoal (lápis, borracha, caderno, etc.).

A Secretaria de Cultura de Chapecó não se responsabiliza por danos, perdas e roubos dos objetos e instrumentos particulares de cada aluno.

Apostilas e demais materiais didáticos poderão ser fornecidos pela Secretaria, e cabe ao aluno mantê-los e trazê-los.

Para os cursos em que são necessários instrumentos musicais, é dever de cada aluno providenciar o seu. Quando isso não for possível, a Secretaria, mediante termo, poderá emprestar. Sendo assim, o aluno deve zelar pelo material sob pena de arcar com o prejuízo.

Quando precisar de algo, o aluno deve solicitar ao professor.

Nas aulas, o compromisso dos professores é instruir e cobrar as instruções, ensaiar, tirar dúvidas e acompanhar a evolução de cada aluno, sendo que a prática dos exercícios e aperfeiçoamento das habilidades deverá ser desenvolvida, em casa, pelos próprios alunos.

Os alunos devem tratar os colegas, os professores e demais funcionários com respeito.

Todos são responsáveis pela economia de água e energia. Portanto, depois de usar, todos devem se certificar se as torneiras foram fechadas e as lâmpadas desligadas.

A fim de evitar o consumo compulsivo de copos descartáveis, os alunos deverão portar sua garrafinha.

A fim de não prejudicar os demais colegas, cada aluno(a) deverá se comprometer quando participar de eventos e apresentações em que a Secretaria se fizer presente, sendo que tais compromissos serão comunicados, com antecedência, pela instituição, através de bilhetes e combinados entre professores e alunos.

O aluno que faltar no último ensaio antes de qualquer apresentação, sem justificativa com antecedência, não poderá participar da apresentação.

Os alunos que somarem 3 faltas consecutivas, sem justificar com antecedência, terão matrícula cancelada.

Em caso de indisciplina, o aluno será chamado para conversar. Caso não seja resolvido, os pais serão chamados e o aluno poderá ter matrícula cancelada.

Alunos que desistirem do(s) curso(s) que estiverem frequentando, no decorrer do ano, não poderão se inscrever para qualquer outro curso da Secretaria de Cultura por um período de 1 ano, salvo motivo de saúde comprovado por Atestado Médico.

Dentro de cada linguagem e atividade específica desenvolve-se o planejamento anual com os conteúdos programáticos. Este é organizado considerando a carga horária do curso e do professor. Também são elaborados cronogramas de atendimento para que se possam atender as demandas de acordo com a bagagem temática de cada área.

Os professores discutem entre si, uma vez que as áreas de teatro, música e dança são afins, atividades teóricas e práticas a serem desenvolvidas com os alunos ao longo do ano letivo que também leva em conta o calendário escolar.

Assim, cada área artística trabalhada no projeto, através da arte, sensibiliza pessoas para ações mais humanizadas e transformadoras.

Logo, mais especificamente, cada área também tem seus objetivos:


MÚSICA:

Proporcionar o desenvolvimento teórico – prático do ensino musical interpretativo; contribuindo para a formação artística, cultural, histórica e social do indivíduo;

Desenvolver os aspectos: técnico e interpretativo de acordo com os conteúdos programáticos específicos de cada instrumento;

Ao desenvolver a percepção e domínio dos códigos que envolvem a linguagem musical, incentivar também a composição de pequenas estruturas musicais;

Proporcionar conhecimento de conceitos e características de períodos da História da Música, seus compositores e suas composições, respectivamente;

Promover a técnica (leitura melódica, rítmica, harmônica, etc.) bem como a interpretação (estilo, época, articulações, fraseados, etc.);

Estabelecer e explorar a qualidade e variedade dos ritmos e melodias individuais em pequenos e grandes grupos;

Ampliar a capacidade de observar, perceber, analisar, refletir, criar, agir, participar teoricamente com o som em relação ao meio como membro de uma comunidade.

Desenvolver a prática da música em conjunto.

Construir repertório dos mais variados períodos históricos e suas técnicas específicas de interpretação.

Incentivar a participação em eventos didáticos e externos.


DANÇA:

Despertar o interesse pela arte da Dança;

Proporcionar o conhecimento e a valorização do próprio corpo através da percepção, experimentação e descoberta das diversas possibilidades de movimento do corpo;

Viabilizar a realização de atividades específicas para o desenvolvimento da criatividade, coordenação motora, flexibilidade e correção postural com exercícios de alongamento, força, equilíbrio e lateralidade.

Proporcionar o acesso aos diferentes ritmos musicais através de aulas dinâmicas, coreografias e apresentações culturais.

Valorizar a bagagem cultural dos alunos e ampliar a capacidade de expressar formas corporais e movimentos a partir de informações, estimulações e experimentações da relação do corpo no espaço temporal, ritmo temporal e na dinâmica;

Perceber a necessidade de capacitar o corpo a manifestar-se formal e funcionalmente através das habilidades técnicas específicas;

Proporcionar dinâmicas educativas de integração entre os alunos, professor e comunidade;

Ampliar a capacidade de observar, perceber, analisar, refletir, criar, agir, participar com o corpo em relação ao meio como membro de uma comunidade;

Perceber o corpo como veículo de manifestação do movimento e expressão como Arte e como Educação;

Compreender as relações que são estabelecidas entre corpo, dança e sociedade;

Incentivar a participação em eventos didáticos e apresentações artístico-culturais;

Oportunizar o acesso, conhecimento e reconhecimento das diferentes linguagens artísticas;


TEATRO:

Desenvolver o teatro como ferramenta de comunicação;

Promover pensar crítico através da observação e experimentação de técnicas e improvisações no corpo;

Desenvolver a capacidade de pesquisa e criação;

Incentivar o conhecimento da linguagem teatral, suas especificidades e seus desdobramentos;

Tornar conhecidos os elementos da linguagem teatral e a história do teatro, bem como questões sobre dramaturgia, linguagem cênica na concepção da encenação e da criação do espetáculo teatral;

Desenvolver a formação física e psíquica dos alunos a partir das potencialidades criativas, atingindo o domínio da técnica, da sensibilidade e da expressividade artística;

Possibilitar o conhecimento prático aliado à formação teórica, proporcionando uma visão do fenômeno teatral como forma de conhecimento crítico da realidade e de uma atuação artística transformadora através de aulas práticas, teóricas e apresentações.

Incentivar a participação em eventos didáticos e externos.


REGIMENTO - PROGRAMA ARTE CIDADÃ – SECRETARIA DE CULTURA DE CHAPECÓ – 2018

1 . IDENTIFICAÇÃO DA MANTENEDORA

Secretaria de Cultura de Chapecó – SECUL

Rua Assis Brasil, 20 D – centro

Chapecó – Santa Catarina

CEP – 89801-222

e-mail : artecidada@chapeco.sc.gov.br

Fone: (49) 3319 1012

2. OBJETIVO DO PROGRAMA ARTE CIDADÃ

A Secretaria de Cultura atua como articuladora cultural no município de Chapecó e tem como missão institucional desenvolver políticas que assegurem ao cidadão o acesso à cultura, valorizando a produção artística regional, preservando o patrimônio e memória, por meio da gestão ética, transparente e inovadora. Neste contexto, o Programa arte Cidadã constitui-se como uma política pública cultural que tem como objetivo fornecer instrumentos técnicos e pedagógicos para o desenvolvimento da criação e prática artística, com o intuito de construir junto à comunidade chapecoense movimentos de aprendizagem e expressividade cultural, levando em conta as múltiplas dimensões da experiência humana, com foco no teatro, na dança e na música.

3. ORGANIZAÇÃO DO PROGRAMA

A cada início de ano são organizadas as turmas, os espaços e os cursos. A própria comunidade traz à Secretaria de Cultura ofício formalizando interesse em oferecer um espaço comunitário para a realização dos cursos. A Secretaria visita o espaço, analisa viabilidade estrutural e de profissionais. Estabelece parceria entre SECUL, entidades responsáveis pelo espaço e Prefeitura Municipal de Chapecó.

Os cursos desenvolvidos em cada espaço atendem, uma vez por semana, a demanda da comunidade a partir das possibilidades oferecidas pela Secretaria de Cultura, mais especificamente do Programa Arte Cidadã. São cursos que compreendem música (violão, cordas, sopros, percussão, canto coral e teoria musical), dança contemporânea, balé e teatro. A duração das aulas varia de acordo com o curso ( de 1 a 3 horas). O ingresso nos cursos pode ser feito a partir dos 8 anos de idade (violino 6 anos e balé 5 anos), não havendo restrição de idade final.

O programa conta com 16 profissionais, que atendem em torno de 1000 alunos por ano, dos quais em torno de metade são crianças e adolescentes, em diferentes espaços, tais como Programa Viver, Programa Verde Vida, Centro Social Ilma Rosa de Nes – Saic, Cidade do Idoso, Cras Seminário, Cras São Pedro, Primeiros Passos, Serviço de Convivência Marechal Bormann, Serviço de Convivência Aldeia Condá, Ceu das Artes e Esportes – Efapi, Bosque – Efapi, Rotary Santo Antonio, Cruz Vermelha São Cristóvão, Bairro Passo dos Fortes e Arte Jovem, Bairro Esplanada, Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, Comunidade de Alto da Serra, Unochapecó, Unoesc.

4. ORGANIZAÇÃO DA AÇÃO EDUCATIVA

Os conteúdos de cada linguagem artística são organizados pelos professores considerando a carga horária de cada curso e os objetivos a serem alcançados.

O planejamento das aulas é feito pelos profissionais a partir dos estudos de métodos organizados pelos mesmos e por cada área de atuação, das demandas de cada turma, sempre considerando o nível de desenvolvimento dos alunos. Assim, os tópicos a serem desenvolvidos com os alunos partem da formação e perfil do profissional de cada área. Há um PPP e uma grade curricular sendo constituídos constantemente.

5. GESTÃO DO PROGRAMA ARTE CIDADÃ

Os professores do programa podem ter 40, 30, 20 ou 10 horas semanais de trabalho. Atendem turnos matutino, vespertino e noturno e em alguns casos finais de semana. A coordenação pedagógica, responsável pelo acompanhamento do planejamento e das aulas, é desenvolvida por profissional de área afim.

O programa representa o setor de formação da Secretaria de Cultura e questões administrativas do mesmo são tratadas enquanto pertencentes à secretaria em questão. Orientações aos profissionais do programa são as mesmas que aos demais profissionais que atuam na SECUL. O programa está em consonância com o calendário escolar do município de Chapecó.

6. NORMAS DO PROGRAMA

Deveres dos alunos

- respeitar colegas, professores e responsáveis pelo espaço;

-cumprir normas e combinados da turma;

- ser pontual, respeitando os horários de entrada e saída das aulas (quando não comparecer, justificar) trazer o material solicitado para as aulas;

- dispensar a mesma atenção para as aulas teóricas e práticas;

- praticar os ensinamentos recebidos, em aula e em casa;

- manter-se desconectado do celular durante as aulas;

-zelar pelo ambiente onde o curso acontece;

- manter sua ficha de matricula atualizada, informando ao professor possíveis alterações;

- não desistir do curso por motivo fútil.

Direitos dos alunos

Ser respeitado;

Receber os conhecimentos que constituem seu curso;

Receber avaliação quanto ao seu desempenho;

Apresentar-se quando apto para tal.

Atributos dos pais e ou responsáveis

Acompanhar o desenvolvimento dos alunos, principalmente dos menores;

Presenciar apresentações e atividades que envolvem o programa;

Manter contato quando solicitado ou quando tiver alguma dúvida, sugestão ou reclamação;

Ter consciência da importância da vaga(s) do(s) seu(s)(sua(s) filho(a)(s) e incentivar a participação do(a)(s) mesmo(a)(s).

Atributos dos espaços de atendimento

Formalizar e divulgar a parceria com a Secul e os cursos que acontecem no espaço bem como identificar os alunos pertencentes ao programa (banner, cartaz, carteirinha, folder, etc...);

Organizar espaço enquanto atendimento, estrutura física adequada, matrículas, horários, turmas, dados completos de alunos, apresentações, materiais de trabalho higienizados e em bom estado de conservação bem como armazenamento, etc... ;

Dispor (como contrapartida de parceria) de materiais necessários ao andamento dos cursos bem como de apresentações resultantes dos mesmos (instrumentos, encordamento, estantes de partituras, suportes de pés para violões, afinadores, colchonetes, figurinos, cenários, partituras (xerox) e ou apostilas, aparelho de som, espelho, entre outros a combinar);

Acompanhar os profissionais e alunos em suas atividades, informando antecipadamente quando não houver atividades no espaço, quando o professor não comparecer ou não se portar adequadamente;

Repassar à Secul cronograma de eventos bem como avaliação dos profissionais cedidos;

Participar, sempre que possível dos eventos e/ou atividades promovidas pela Secul;

Fortalecer atendimento para alunos que realmente querem participar dos cursos;

Não cobrar taxa de matrícula e ou mensalidade pelos cursos ofertados em parceria com a Secretaria de Cultura.

7. AVALIAÇÃO

O processo de avaliação do programa busca considerar as individualidades, potencializando as diferentes intenções do trabalho ao contexto vivenciado. Os alunos são observados quanto ao desempenho instrumental (música) físico e artístico (teatro e dança), podendo o professor aplicar avaliações escritas e ou práticas (peça, coreografia ou cena) quando achar necessário.

8. MATRÍCULA

A matrícula pode ser feita na SECUL ou nos outros espaços de atendimento do programa, mediante apresentação de documento de identificação. Os menores de idade devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis. O cancelamento do curso pode ser feito presencialmente ou por telefone e através de esclarecimento plausível do aluno (se maior de idade) ou do pai ou responsável (se o aluno for menor).

9. DISPOSIÇÕES GERAIS

Este regimento vigorará por tempo indeterminado até ser revisto e ou reorganizado. As alterações devem ser propostas mediante apresentação do texto integral e encaminhadas à SECUL, sendo que as mesmas, se aprovadas, só poderão entrar em vigor no período letivo seguinte a sua aprovação. A coordenação do programa juntamente com a gestão da SECUL deliberara sobre casos omissos.

Secretaria de Cultura

SECUL - Secretaria de Cultura (Administrativo)
R: Assis Brasil, 20D – Centro
CEP: 89801-222 Chapecó, SC

Desenvolvido por BRSIS