Museu da Colonização de Chapecó



O Museu

O Museu da Colonização de Chapecó foi efetivado no dia 06/04/2011 através da lei Municipal nº 5.975, com o objetivo de divulgar e problematizar os aspectos históricos da colonização do município de Chapecó, apresentando as trocas e conflitos dos diversos grupos étnicos que participaram deste processo.

A colonização foi um empreendimento do Estado em parceria com empresas privadas com o intuito de ocupar um espaço que era pensado pelo poder público como de vazio demográfico.

Nesse sentido, as empresas colonizadoras ficaram encarregadas de ocupar o local, através da divisão e comercialização das terras, para populações de descendentes de europeus, em sua maioria, vindos do Rio Grande do Sul, conhecidos regionalmente como colonos. O processo colonizador, por outro lado, resultou na exclusão dos habitantes originários da região: os indígenas e as populações caboclas.

A exposição disposta neste museu, busca representar e discutir os diferentes grupos que participaram no movimento de colonização, bem como os aspectos históricos da casa, desde sua construção até o seu tombamento e dos grupos majoritariamente presentes no Oeste de Santa Catarina, antes e após a chegada das empresas colonizadoras.


Endereço:

Avenida Senador Atílio Fontana, S/N – Efapi, Chapecó/SC.

Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves

CEP: 89809 – 060

Contato para Agendamentos:

Telefone: (49) 3321 - 8509

Email:museutecnico@chapeco.sc.gov.br

Endereço: Parque de exposições Tancredo de Almeida Neves (EFAPI)

Observação: Visitação mediante agendamento por e-mail ou telefone.

Secretaria de Cultura

SECUL - Secretaria de Cultura (Administrativo)
R: Assis Brasil, 20D – Centro
CEP: 89801-222 Chapecó, SC

Desenvolvido por BRSIS